José Tadeu Alves
Arte é movimento, sua alma está em chama, então você cria...
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Lua

A Lua,
no dia 11/11/2011, às 11:11.h.

Ela estava lá... Firme, bela e silenciosa,
brilhante passiva e carinhosa...
Não se importou muito com os «mistérios dessa data».
Ela apenas fez, como sempre, o seu lindo papel:
Brilhou majestosa no céu, e chegou bem mais perto de nós...
Sem orgulho ou vaidade... Jamais fez sequer um gesto de oposição à
sua maravilhosa missão, e segue a brilhar, e olhar por nós, com a mesma dedicação de mãe da noite...
A lua se fez presente e exata... com sua personalidade inata, de luzir nossos tetos, rios e matas...

Lua, tu estavas lá... talvez, nem notaste os meus olhos, a lhe admirar...
José Tadeu Alves
Enviado por José Tadeu Alves em 13/11/2011
Alterado em 26/04/2013
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários