José Tadeu Alves
Arte é movimento, sua alma está em chama, então você cria...
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

"Não se assuste, é só poesia...!"
Não se assuste comigo...
É só poesia!
Escrevi quando estava calmo,
inocente e tranquilo...
Minha mente voava ao longe
o meu coração ditava,
enquanto eu escrevia...
Meus olhos minavam,
minha lembrança vagava,
e o meu corpo tremia...
Minhas mãos gelavam,
meu lábios secavam,
meus poros suavam
e minha alma crescia...
Se estou inspirado, eu sei,
não nego, não minto.
Apenas escrevo e me entrego no que sinto.
Por que me atrevo escrever esse segredo
que há tempos eu guardo comigo...
Não se assuste, lhe peço:
Sinto-me melhor assim...
Quando confesso é puro sentimento
que professo e não fantasia...
São pequenas palavras que brotam de dentro de mim...
se não escrevo, não aguento,
me perco na ventania...
Por isso mesmo,
tenho que externar...
Esse jorro que acaba comigo!
São poucas palavras,
são lavas
do vulcão de meu eu.
É só poesia!
Sentimento, carinho,
“tormento” ou fantasia...
Algo assim, que faz bem
a alguém num mundo
lindo poético absurdo que criei...
Efusivo mundo
ressurgido das cinzas
do carinho e dos amores...
Dos valores que sempre sonhei!
É só poesia...
Água fria, que me acode e
sacia...
"São pequenas palavras cheias,
que acarinham outras vazias..."
por isso, digo:
Não se assuste comigo,
isto;
...é só poesia...!
José Tadeu Alves
Enviado por José Tadeu Alves em 02/09/2010
Alterado em 25/09/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários