José Tadeu Alves
Arte é movimento, sua alma está em chama, então você cria...
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Lua

A Lua,
no dia 11/11/2011, às 11:11.h.

Ela estava lá... Firme, bela e silenciosa,
brilhante passiva e carinhosa...
Não se importou muito com os «mistérios dessa data».
Ela apenas fez, como sempre, o seu lindo papel:
Brilhou majestosa no céu, e chegou bem mais perto de nós...
Sem orgulho ou vaidade... Jamais fez sequer um gesto de oposição à
sua maravilhosa missão, e segue a brilhar, e olhar por nós, com a mesma dedicação de mãe da noite...
A lua se fez presente e exata... com sua personalidade inata, de luzir nossos tetos, rios e matas...

Lua, tu estavas lá... talvez, nem notaste os meus olhos, a lhe admirar...
José Tadeu Alves
Enviado por José Tadeu Alves em 13/11/2011
Alterado em 26/04/2013
Comentários