José Tadeu Alves
Arte é movimento, sua alma está em chama, então você cria...
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Pêndulo
De tanto caminhar
por aí...
Às vezes me sinto só...
Passando por todos os becos
dando voltas pelo mundo
tentando às vezes, num segundo,
desatar os meus nós...
Abrindo mão de privilégios
atrasando meu relógio
mudando minha lógica
tentando enganar o tempo
abusando de meu sossego
seguindo o caminho das estrelas
afim de encontrar alento.
Enrosco-me à rosa dos ventos
mudando por completo
o meu rumo
em eterna busca do prumo
na exatidão das linhas
dos horizontes.
Agarrado às asas do vento
levemente indo,
brevemente lento...
Na eterna busca de mim...
E de novo,  vejo-me assim,
a  andar por aí...
A esperar por você
que nem me vê assim,
em lugares descaminhos
tantas vezes, tão sozinho
de procurar por ti...
a procurar por mim...

José Tadeu Alves
Enviado por José Tadeu Alves em 01/06/2012
Alterado em 01/06/2012
Comentários