José Tadeu Alves
Arte é movimento, sua alma está em chama, então você cria...
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Silêncio
Silêncio é rocha,
Silêncio é terra...
Silêncio é tocha
Silêncio é guerra
Silêncio é vento...
Silêncio é pausa
Descendo suave e lento,
do topo da serra ao
colo do leito.
Perfeito momento.
Silêncio, é semente,
Silêncio é broto
É gota d`água vertente.
Causa e efeito.
Silêncio é cuidar de plantas
e acompanhar in loco, os  primeiros
horizontes de cada fruto...
Também podar-se a si mesmo
E a esmo...
em teus erros...
É deixar-se esquecer,
Em silêncio, se arrepender.
É lembrar-se de tudo
E crer que tudo é semente...
Que em silêncio, tudo renasce,
a seu tempo em cada  ser!
O silêncio faz parte da gente
e tem o seu jeito simples de crescer...
De se mostrar, de brotar,
Viver existir e partir
Tudo tem seu jeito de marcar seu laço...
O seu traço...
Que em tudo está a beleza e os
Mistérios de viver...
Da melhor forma
silêncio, é nascimento e norma...
Silêncio, é céu aberto.
Silêncio é passo de nuvem...
Silêncio é contemplação...
Observar as estrelas...
imitá-las no brilho...
e no seu infinito silêncio...
Aprender a ser Chela,
Navegar os caminhos da vida...
Com sutileza de um barco à vela.
Silêncio é enlevo...
aceitação e entrega...
saber que se deve entrar
humildemente na fila...
sem escolher o melhor caminho...
e seguir... calar.
Pois o silêncio é o grito da alma
e a canção dos tempos...
e pensamento de outrem e dos teus...
silêncio é a construção da vida...
A marca de chegada e da partida...
O silêncio é Deus!










José Tadeu Alves
Enviado por José Tadeu Alves em 23/08/2019
Comentários